Sabias que para alem de existir um QI também existe o QP?!

Pois é, o QP refere-se as funções mais complexas da inteligência, o QI envolve registar informações, assimilá-las, reproduzi-las outros elementos. Mas, o QP vai muito além disto. São vitais para formar os pensadores brilhantes, livres, generosos, tolerantes, criativos, ousados. Estas são as funções que são pouco trabalhadas nos currículos escolares e em universidades.

Seguem 15 funções do QP:

1. Pensar antes de agir

2. Aprender a expor e não a impor as ideias

3. Pôr-se no lugar dos outros

4. Resiliência (capacidade de suportar contrariedades): trabalhar perdas e frustrações

5. Proteger a emoção: ferramentas para prevenir distúrbios emocionais

6. Gerir o stress

7. Gerir os pensamentos

8. Generosidade: o prazer em se dar

9. Tolerância: a capacidade de ser flexível

10. Carisma (arte de encarar os outros) e o trabalho em equipa

11. A arte da dúvida

12. A arte da critica e da autonomia

13. Raciocínio complexo: ver por múltiplos ângulos as mesmas realidades

14. O pensamento imaginário e a criatividade

15. Sonhos como projetos de vida e disciplina como alicerce dos projetos

Vemos então que este novo QP se refere a funções de uma Inteligência que poderá ser considerada fundamental para os dias de hoje, senão mesmo imprescindível. O mundo está em constante mudança, os paradigmas e os desafios são outros, hoje ser inteligente é muito mais do que ter um QI elevado.

O extraordinário é que, como digo sempre, tudo está ao nosso alcance desde que trabalhemos para tal. A inteligência, as competências, desenvolvem-se e treinam-se. Quer melhorar o seu QP? Quer desenvolver a Arte de Pensar? – DECIDA-SE e TREINE!

Marta Pacheco

Mestre em Psicologia Clinica
Terapeuta de Reiki e Regressão | Professora de Meditação Transpessoal e Reiki

 

 

 

Bibliografia:

Este artigo teve como inspiração o livro Jovens Brilhantes, Mentes Fascinantes de Augusto Cury